Algumas razões para o Brasil ser como é…

Eu vejo muita gente reclamando da classe política no Brasil, e sempre convido essas pessoas a refletirem a respeito do real sentido da democracia. Democracia significa o governo do povo (demos = povo + kratos = poder), e se realiza modernamente através da representação popular no governo. Sim, representação popular, o vereador eleito representa diretamente a população que o elege. Esse é um fato que muitas pessoas se esquecem, ao chamá-lo de corrupto; esquecem de olhar para si mesmas, para seus semelhantes. Esquecem que muitos de seus amigos e entes queridos praticam diariamente o “jeitinho brasileiro“, que nada mais é do que uma forma branda de corrupção/subversão de normas sociais, na maioria dos casos.

Sob este ponto de vista um pouco mais esclarecido, podemos dizer que nossos políticos representam com fidelidade grande parte da população. Exemplos… perca sua carteira em uma boate, esqueça algo em um táxi, raciocine um pouco sobre as margens de lucro obtidas por comerciantes brasileiros. Em nossa sociedade prevalece o mais esperto, estamos constantemente querendo levar vantagem sobre o outro, sobre o governo, sobre tudo e sobre todos. Ninguém se importa com o país, apenas com o próprio nariz (e bolso, principalmene). Não existe um sentimento de respeito ao próximo enquanto conterrâneo (ou mesmo enquanto outro ser humano), não há um verdadeiro espírito patriota (ao menos fora da época da Copa do Mundo).

Mas por quê vivemos assim? Por quê o Brasil é essa zona? Vou tentar estabelecer alguns pontos que, penso, explicam um pouco desse contexto.

1) Colonização

Esse fator todos nós aprendemos na escola, bem cedo. Fomos uma colônia de exploração, ou seja, desde o princípio nunca houve a intenção em formar uma nova nação, e sim de apenas retirar tudo que havia de valioso para sustentar as dívidas de um reino em crise. Dessa maneira nosso desenvolvimento foi inteiramente voltado, nos primeiros trezentos anos, a servir aos interesses de Portugal ao invés de se construir uma nação forte, auro-suficiente e bem preparada para o futuro.

2) Imaturidade

Considerando o ponto anterior, apenas passamos a nos preocupar com nosso próprio futuro a partir do momento em que nos tornamos independentes (o que por sinal foi obtido nada mais do que através de uma carta de alforría). Na realidade a côrte portuguesa até investiu no Brasil quando foi obrigada a se refugiar no Rio de Janeiro, fugindo das tropas de Napoleão – mas tudo o que foi feito visava atender unicamente os interesses da nobreza portuguesa, portanto não se trata de investimentos feitos visando de fato a infraestrutura brasileira. Nossa história enquanto país independente tem menos de duzentos anos. Somos um país novo e, sobretudo, um povo novo, imaturo. Um povo que, enquanto cabeças literalmente rolavam na França em defesa da liberdade, igualdade e fraternidade, apenas começava a criar algum tipo de sentimento patriota.

3) Nunca lutamos por nada

Sei que lutamos sim algumas guerras e enfrentamos movimentos separatistas em nossa história, porém nunca de fato sofremos uma grande ameaça. A Guerra do Paraguai nada mais foi do que um plano orquestrado pela Inglaterra para desestabilizar aquele país que, a passos largos, se tornava uma potência econômica nas Américas. Nossa independência foi comprada de Portugal, passamos décadas pagando por isso. Nunca enfrentamos uma guerra civil. Nunca o povo brasileiro precisou se unir, verdadeiramente, para se defender, para defender seu patrimônio, sua história. Claro, houve a ditadura militar, o movimento das Diretas Já, mas isso não se compara a uma guerra, seja ela externa ou interna. Momentos de dificuldade têm a capacidade de unir cidadãos em prol de uma nação e promover o amor à pátria, à sua independência e autonomia. Apenas quem já esteve ameaçado de perder sua soberania nacional sabe o valor que ela tem.

4) Fatores culturais

Somos um país festivo. É assim que nos vemos, é assim que nos veem. Temos um clima muito agradável, perfeito para ficar à beira da piscina/praia. Todo começo de ano tem Carnaval, alegria geral. Somos aficcionados pelo futebol há quase 100 anos (quase metade de nossa história enquanto nação livre). Além disso somos uma nação formada por diversos grupos étnicos, cada um com sua própria cultura, vindos em épocas diferentes, o que de certa forma dificulta uma identificação geral. Cada grupo está mais preocupado com seus “semelhantes” do que com seus conterrâneos

5) Ciclos viciosos

Pode parecer uma teoria da conspiração, mas não é: alguns grupos sócio-políticos e econômicos já perceberam o potencial que o povo brasileiro tem para ser alienado. Sendo assim, se torna muito fácil suprir o povo com pão e circo, dando-lhe uma educação pública insuficiente para formação de senso crítico e vocação política. É muito mais fácil dominar um povo que não conhece seus direitos, que não conhece sua sociedade e sua política. O ciclo vicioso funciona assim: a criança tem uma má educação, não se torna efetivamente um cidadão ativo ao crescer (seja por não querer – afinal o campeonato brasileiro é muito mais divertido – ou por não ser instigada por seus pais, pela escola, pela sociedade), e permite que novos políticos corruptos se perpetuem no poder. Isso quando a própria pessoa não resolve pensar “ah, quer saber… se todo mundo rouba lá, vou roubar também”.

Sendo assim, quando for reclamar que o Brasil é um lixo e os políticos são uns corruptos, dê uma boa olhada para seus amigos, familiares e para si mesmo. Você pode se surpreender…

Anúncios

4 Comentários on “Algumas razões para o Brasil ser como é…”

  1. Borodon disse:

    Apenas um pequeno murro no estômago.

  2. Mayumi disse:

    Conheci seu blog esses dias (e sim, eu estava procurando por Cavaleiros do Zodíaco). Li todos os seus posts e adorei o jeito que você escreve, ri demais do post sobre mecanismos de busca e do chocolate de lsd… Pode ser que eu esteja idiota por falta de sono.

    Até favoritei o blog.

    E esse foi um comentário inútil, mas enfim. Só pra dizer que você ganhou mais uma leitora.

    • Pedro disse:

      Somos todos idiotas por falta de sono! Muito obrigado pelo elogio, de verdade! Espero vê-la sempre por aqui, fico feliz que tenha gostado do meu blog. E eu já aceitei pacificamente o fato de 90% dos meus visitantes chegarem aqui por causa de CdZ hahaha. A maioria é boa gente. Tirando os que procuram… bom, você leu o post né…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s